Campos do Jordão
Um pouco de História Pontos Turísticos Comércio e Serviço Atividade Econômica
   Veja ainda:
Minas Gerais
Paraná
Rio de Janeiro
Rio Grande do Sul
Santa Catarina
São Paulo
Pontos Turísticos
Aqui você irá encontrar textos e fotos sugerindo locais para a visitação. Inicialmente, será dada prioridade para os aspectos culturais de Campos do Jordão, não invalidando que sejam abordados locais meramente marcados por sua beleza natural ou potencial turístico.
 
Portal de Entrada
O Portal é um centro de recepção para os visitantes da cidade. Sua arquitetura de estilo alpino lhe confere um charme todo especial, sendo um verdadeiro cartão de visitas da cidade. Ele está situado bem na entrada de Campos do Jordão para quem chega pela via de acesso principal, a estrada SP-123. Fruto da parceria com a iniciativa privada, o Portal foi totalmente reformado, possuindo agora sanitários com capacidade de atendimento a deficientes físicos, um fraldário e um eficiente centro de atendimento ao turista com informações sobre hotéis, restaurantes, compras, atrações turísticas e as atrações e eventos de Campos do Jordão. O espaço do Portal, especialmente o seu segundo piso, é utilizado para abrigar exposições de produtos e serviços de empresas da cidade e do Cone Leste Paulista.
Fone: (12) 3662-2755
Cenário de Outono
Um dos mais belos espetáculos de Campos ocorre no outono quando as folhas dos plátanos começam a secar e a cair, adquirindo colorações verdes, amarelas, marrons e vermehas. Ao fundo pode-se ver sempre os pinheiros com sua folhagem verde contrastando com o céu azul aniz. É um espetáculo de tirar o fôlego.
Araucárias
A araucária é a árvore símbolo de Campos do Jordão. Sua beleza e imponência dão um charme todo especial à paisagem da cidade. Desafiando o frio e o vento, suas folhas permanecem verdes mesmo no auge do inverno. Seu fruto, o pinhão, despenca graciosamente de seus altos galhos para nutrir os homens e os animais.
Bairro do Capivari
Principal centro comercial da cidade, concentrando uma grande variedade de lojas, restaurantes, lanchonetes e malharias. Turistas de toda parte circulam alegremente por suas ruas, praças e shoppings, especialmente nos finais de semana. O estilo arquitetônico alemão predomina. O clima e o ambiente fazem com que as pessoas se sintam como se estivessem na Europa. Um dos prazeres de Capivari é sentar em um dos seus bares ao ar livre, tomar um drink e desfrutar da bela paisagem e do movimento de pessoas na rua. Nas cercanias do centro comercial estão o Miniférico que leva ao Morro do Elefante, um lago onde as crianças podem andar de Pedalinho, um pequeno Parque de Diversões, a Estação do Bondinho Urbano, cavalos e charretes para alugar.
Abernéssia
O nome Abernéssia é derivado da fuSão do nome de duas cidades escocesas: Aberdeen e Inverness, e foi dado pelo fundador deste núcleo urbano, Robert John Reid, que era natural da Escócia. A Abernéssia é um movimentado centro comercial localizado bem no centro de Campos do Jordão a meio caminho entre o Portal e Capivari. Sua pitoresca estação de trem é o ponto de passagem do trem da Estrada de Ferro de Campos do Jordão que sobe a serra vindo de Pindamonhangaba.
Ali pode-se também pegar o bondinho vermelho que cruza a cidade partindo de Capivari, indo até o agradável Recanto São Cristóvão. O percurso de 8 km pode ser percorrido (ida e volta) em cerca de 1h10min.
Em Abernéssia encontra-se o Mercado Municipal, a Delegacia, o Pronto Socorro, o Ginásio Esportivo, a Igreja de Santa Terezinha e a sede da Telesp. De lá se pode pegar a estrada que leva até o Palácio Boa Vista e ao Auditório Cláudio Santoro.
Água Santa
Dista 7 km do Centro de Capivari, com altitude de 1.350 metros. Local onde se processa o engarrafamento da Água Minalba.
Trem Turístico e Bonde Urbano
Administrados pela Estrada de Ferro Campos do Jordão, idealizada no início do século pelos médicos sanitaristas Emílio Marcondes Ribas e Victor Godinho, sua construção visava o acesso a então pequena vila de Campos de Jordão, para aproveitamento do clima na cura de doenças respiratórias. Construída em 1912, teve seus primeiros carros movidos a vapor, posteriormente a gasolina. Em 1924, foi eletrificada pela "The English Electric Co.". Atualmente a Estrada de Ferro Campos do Jordão está subordinada à Secretaria de Esportes e Turismo do Estado de São Paulo e é uma ferrovia voltada integralmente para os serviços turísticos.
Está circulando um novo trem para turistas no trecho vai de Pindamonhangaba a Campos do Jordão. A unidade dotada de um sistema de freios eletromagnéticos, que garantem a segurança aos usuários nos 47 km entre os dois município. O trem que parte de Pindamonhangaba situado a 151 km de São Paulo, oferece além de segurança máxima, poltronas reclináveis, janelas panorâmicas, serviços de bordo e acompanhamento de guia turístico. Nos fins de semana e feriados, o passeio nesse trem de luxo faz paradas no balneário Reino das Águas Claras e Santo Antônio do Pinhal num trajeto de 2 horas, além de outros roteiros que podem ser feitos durante a semana, excluindo o serviço de bordo.
Preços, horários e reservas podem ser confirmados diretamente com a estação ferroviária de Pindamonhangaba, através do telefone (12) 242-3222.
Bondinho
Andar no bondinho urbano é voltar ao passado. O passeio é muito agradável e permite uma viSão completa da estrutura urbana de Campos do Jordão. A viagem de ida e volta dura 40 minutos, partindo da Estação de Vila Capivari (construída em estilo alpino), passando por Jaguaribe e Abernéssia, indo até a Parada São Cristovão do outro lado da cidade. Nos dias mais frios, deve-se levar um agasalho porque o vento pode ser cortante.
Saída da Estação Emílio Ribas.
informações: (12) 3663-1531
Estação Emílio Ribas
Construída em estilo alpino, daqui partem os bondinhos dos passeios pela cidade e os trens para passeio por Santo Antônio do Pinhal.
informações: (12) 3663-1531
Passeio de Trem até Santo Antônio do Pinhal
Passa pelo trecho ferroviário mais alto do país, o Alto do Lageado (1.743 m), onde pode se ver peculiaridades da flora e fauna da Região.
Saída da Estação Emilio Ribas, no Capivari
informações: (12) 3663-1531
Morro do Elefante
Com 1800 m de altitude, encontra-se estacionada a primeira locomotiva (automotriz) que subiu a serra ligando as cidades de Pindamonhangaba e Campos do Jordão. No alto do morro, acha-se instalado moderno belvedere com lanchonete, tendo um mirante que proporciona uma viSão panorâmica de toda a região. O acesso poderá ser feito através do teleférico ou por estrada asfaltada.
Teleférico
Também administrado pela Estrada de Ferro Campos do Jordão, o Teleférico foi inaugurado em outubro de 1972, sendo o primeiro do gênero no Brasil. Uma das atrações preferidas das crianças, circula entre Capivari e o topo do Morro do Elefante. As cadeiras em número de 100 São individuais, mantendo-se uma distância de 10 m entre elas. O teleférico comporta o transporte de até 600 pessoas por hora. Do alto do Morro do elefante, a 1700 m de altitude, o usuário tem um panorama deslumbrante da cidade, ao mesmo tempo que dispõe de um restaurante instalado no Belvedere e de cavalos para aluguel.
informações: (12) 3663-1531
Pedalinhos
Próximo ao teleférico encontra-se o lago dos pedalinhos onde podem ser passados momentos agradáveis junto da natureza.
Pico do Itapeva

Itapeva em linguagem indígena significa Pedra Chata. O pico, que é o quinto mais alto do Brasil e tem 2.030 m de altitude. Ele está distante 14 km do Centro de Capivari, e o acesso se faz pela Vila Abernéssia. Apesar de estar situado no município de Pindamonhangaba, o Pico do Itapeva é na prática uma atração de Campos do Jordão. A estradinha que leva até o Pico é asfaltada. Ela começa na Av. Sen. Roberto C. Simonen, em Capivari, passa pelas Duchas de Prata e lago da Vila Inglesa, terminando no mirante. O ponto culminante de Campos do Jordão, em termos geográficos, é na verdade o Pico do Imbiri, próximo ao centro, mas de difícil acesso, com 1.950 m. O Pico do Itapeva oferece uma viSão panorâmica de quase todo o Vale do Paraíba e das cidades da região. Em seu cume, o quinto mais alto do Brasil, estão instalados retransmissores de UHF e VHF, além de um laboratório de pesquisas de raios cósmicos montado pela FAB. Nas noites serenas um rosário de luzes delineia cada uma das cidades avistadas, num espetáculo indiscritível. O turista além de admirar a beleza do cenário natural poderá adquirir peças de artesanato, agasalhos luvas e gorros para suportar o frio da montanha. A partir do final do asfalto no Pico do Itapeva, pode-se refugiar a pé ou a cavalo por trilhas de grande beleza. Os amantes do "trecking" vão se deliciar com as vistas.

Parque Estadual Campos do Jordão
Distante 13 km da Vila Capivari, o Parque Estadual ou Horto Florestal é o mais antigo do Brasil. O Parque, também conhecido como Horto Florestal, abrange 8.341 hectares junto à divisa dos Estados de São Paulo e Minas Gerais e ocupa um terço da superfície total da Estância de Campos do Jordão. Criado em 1941, conserva a biodiversidade e protege os últimos remanescentes da Floresta de Araucárias da Serra da Mantiqueira. O Parque Estadual é um passeio instrutivo e belíssimo. Encontra ali o visitante, a maior reserva de coníferas do Estado: ARAUCÁRIA BRASILIENSES", "PINUS ELLIOTTIS", "PINASTER", "INSULATARES", "TAEDA", "PATULA" e outras essenciais, cuidadosamente plantadas, constituindo cenário impressionante. O Parque é um excelente lugar para se passear e admirar a natureza. Nele São desenvolvidos diversos programas relacionados à pesquisa, educação ambiental, recreação e conservação dos recursos naturais. Os amantes de caminhadas encontrarão na entrada do Parque um mapa com informações sobre as diversas trilhas disponíveis que levam a locais de grande beleza. Muitas delas São inteiramente sinalizadas, passando por cachoeiras, matas de araucária e vistas deslumbrantes. O relevo do Parque é montanhoso, e sua altitude varia de 1.030 a 2.007 metros. Suas matas abrigam uma rica fauna silvestre onde habitam a onça parda, (suçuarama), o esquilo, o quati, o papagaio-de-peito-roxo e o momo-carvoeiro, estando estas duas últimas espécies ameaçadas de extinção. No Parque Estadual foi instalado recentemente um Posto de Salmonicultura, com a finalidade de criação de frutas para o peixamento constante dos rios e lagos da região. O posto vem cumprindo essa finalidade e já os pescadores encontram esses peixes em diversos lugares da Estância. Oferece além das paisagens, contato com fauna e flora preservadas e serviços como uma cantina e sorveteria, um atelier ambiental, uma capela, um centro de exposições com mostra de exemplares da fauna de da flora da região, um viveiro de plantas e mudas, um Centro de Educação Ambiental e Áreas para ginástica e piqueniques, posto de saúde, lanchonete, restaurante, loja de souvenirs, pousada e trilhas. No caminho do Parque Estadual, se vê ainda, o Bairro elegante do Jardim do Embaixador; a Fazenda Lagoinha, o Camping Club do Brasil e o Florescente Bairro de Descansópolis e a Capela de Nossa Senhora da Saudade.

Os visitantes não devem arrancar plantas ou flores, e devem ter o cuidado de não pertubar os animais e de jogar lixo somente nos recipientes apropriados. É terminantemente proibido fazer inscrições em árvores. Aparelhos sonoros devem ser evitados. As ordens e orientações dos funcionários devem ser acatadas. Animais domésticos São proibidos no Parque (Decreto nº. 25.341/86).

O Parque é administrado pelo Instituto Florestal da Secretaria de Meio Ambiente do Governo do Estado de São Paulo.
Acesso pela Av. Pedro Paulo. Fone: (12) 3662-2966 - 3663-1977
Pico do Imbiri
1.950 metros de altitude, próximo ao centro de Campos do Jordão.
Mirante e Cachoeira Lenz
Dentro da propriedade da família Lenz César, no bairro do Gonzaga, o mirante de concreto, está em cima do viaduto da Rodovia SP 123 e debruça-se sobre o Lageado, um dos vales mais bonitos da Mantiqueira, avistando-se também o vale dos Melos e o interior do município de Santo Antônio do Pinhal. A cachoeira fica a 200 metros do mirante, sendo a mais longa e volumosa queda d’água de Campos do Jordão.
Acesso pela Av. Ernesto Diederichsen - Abernéssia - Fazenda Pitanguá
Fone: (12) 3662-1077
Ducha de Prata
Localiza-se na Avenida Roberto Simonsen, no bairro de Vila Inglesa, na estrada para a Vila Capivari. As duchas artificiais foram formadas com o represamento das águas do Ribeirão das Perdizes. A canalização da cachoeira forma um conjunto de jatos de água que delicia os visitantes que podem utilizar plataformas de madeira para chegar até as duchas e tomar banhos frios e saudáveis.
Antigamente, nesse local, banhavam-se os hóspedes da antiga e famosa PenSão Inglesa. No acesso de entrada à Ducha de Prata, existe um movimentado Comércio aonde pode ser adquirido produtos artesanais, doces e souvenires.
Pedra do Baú
No alto da Serra da Mantiqueira, localiza-se a majestosa Pedra do Baú, com seus 1.950 metros de altitude. Embora pertença ao município de São Bento do Sapucaí, a Pedra do Baú faz parte do roteiro turístico de Campos do Jordão, podendo ser vista de quase todo o município. Vários grupos organizam caminhadas para escalar a Pedra partindo de São Bento do Sapucaí e de Campos do Jordão. Antes chamada de Pedra do Embaú (vigia), foi batizada pelo povo de "Baú", em virtude do seu formato retangular. A Pedra consiste de um imponente bloco de granito com uma base de 540 metros de comprimento por 40 metros de largura, e uma altura de 340 metros.
Para quem olha de Campos do Jordão, ela é ladeada à esquerda pela Pedra Ana Chata (altitude de 1.670 metros), e à direita pela Pedra Bauzinho (altitude de 1.760 metros). Foto: Pedra Ana Chata. O acesso mais fácil é pelo lado de Campos do Jordão. Seguir as placas indicativas, pegar uma estrada de terra (em dias de chuva a estrada pode ficar em más condições), até o Bauzinho, já a 1.700 metros de altitude. O acesso mais esportivo se faz por São Bento do Sapucaí. Seguir as placas indicativas até terminar o asfalto. Pegando-se uma estrada de terra chega-se a 1.250 metros. Estacionar o carro, colocar a mochila nas costas e caminhar cerca de 2 horas (cerca de 3 km) em uma trilha até o Baú. Chegando na base do Baú, sobe-se um escada de grampos cravados na rocha com 600 degraus para se chegar ao topo da Pedra. Via esta trilha pode-se também alcançar as Pedras Bauzinho e Ana Chata, que merecem também ser escaladas. A forma do Baú varia, conforme o ponto onde se encontra o observador. Vista das proximidades de Sant'Ana do Sapucaí Mirim, ela tem o formato de uma pirâmide; de Campos do Jordão, é mais alta, mais larga, mais baú; de Pouso Alegre, é muito chata e larga. A vista que se descortina de seu cume é uma verdadeira pintura. No pôr-do-sol a Pedra do Baú adquire novas cores, formando um lindo espetáculo de luz e sombras que encanta os amantes da natureza.
Gruta dos Crioulos
A Gruta dos Crioulos dista aproximadamente 9 km da Vila Jaguaribe. Ela pode ser alcançada tomando-se a estrada que sai de Jaguaribe na direção de Itajubá. Ao encontrar a sinalização, o visitante toma um caminho rústico aberto na mata que o leva até a Gruta. A Gruta localiza-se no centro de exuberante arvoredo tropical.
Trata-se de enorme pedra, (o segundo maior monolito do mundo), meio côncava, chata e arredondada, com um diâmetro de aproximadamente 30m de altura e 20m de profundidade, com ampla gruta de aspecto bastante acidentado e pitoresco podendo abrigar inúmeras pessoas no seu interior.
No passado, segundo a lenda, escondiam-se no local escravos foragidos das fazendas. Hoje abriga até uma Capela.
Lago Vila Inglesa
Distante 400 metros da Ducha de Prata. Belíssimo lago que separa a Av. Sen. Roberto Simonsen das terras do antigo Hotel Vila Inglesa, construído em arquitetura típica. Ponto de referência para quem procura atingir o Pico do Itapeva ou o Parque "Sonhos das Fantasias".
Museu Felícia Leirner
O Museu Felícia Leirner está localizado no Alto da Boa Vista, em um terreno de 350.000 m2 onde está também situado o Auditório Cláudio Santoro. É um dos únicos museus ao ar livre de nosso país, possuindo em pontos estratégicos cerca de 100 esculturas semi-abstratas. São figuras zoomórficas e humanas, gigantescas imagens brancas que nascem da grama para estabelecer uma comunhão perfeita com a paisagem. Foram doadas ao Governo do Estado de São Paulo pela própria artista. É o único do país com obras de todas as fases de uma só artista.
Criado em 1978, o Museu tem no seu acervo quase toda a obra da escultora polonesa Felícia Leirner, radicada no Brasil desde 1927. Passeie por suas alamedas sombreadas e floridas e observe como as esculturas em bronze e cimento criadas pela artista se integram aos gramados, às araucárias e ao céu azul anil. Nos dias de sol o Museu é um dos melhores pontos de observação da Pedra do Baú.
O Museu e o Auditório podem ser visitados às quartas-feiras, aos sábados, domingos e feriados, das 9h00 às l8h00. A entrada é franca.
Fone: (12) 3662-2334
Palácio Boa Vista
O Palácio Boa Vista está situado a 3 km da Vila Abernéssia em via asfaltada. Sua construção teve início em 1938 , idealizado por Adhemar de Barros para ser a casa de inverno dos governadores de Estado. O projeto arquitetônico é de Jorge Ptzrembel. Somente em 1947, suas obras foram reiniciadas. Em 21 de julho de 1964, o Palácio foi inaugurado. Em 1970 o Governador Abreu Sodré transformou-o em "Monumento Público" e "Centro Cultural", sem perda de sua função original de residência de inverno do Governador do Estado de São Paulo. O Palácio Boa Vista tem 105 cômodos e foi decorado no estilo inglês Maria Tudor. Possui um rico mobiliário dos séculos XVII e XVIII, antigüidades, obras de artistas contemporâneos, esculturas, peças decorativas, objetos religiosos, cristais Bacarat e porcelanas de Sèvres de grande valor histórico e artístico. Em seu acervo de 1.887 obras há obras de Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Aldo Bonadei, Cândido Portinari, Di Cavalcanti, Ismael Nery e Cícero Dias, e outros artistas de renome. Os visitantes percorrem as dependências acompanhados de monitores que descrevem as obras expostas. A visitação é permitida às quartas-feiras, quintas-feiras, sábados, domingos e feriados nos seguintes horários: das 10h00 às 12h00 e das l4h00 às l7h00. A entrada (R$ 5,00) só é cobrada para maiores de 10 anos. Quando o Palácio está sendo utilizado pelo Governador do Estado e seus convidados a visitação é suspensa.
Localização: Alto da Boa Vista
Fone: (12) 3662-1122
Auditório Cláudio Santoro
Dista aproximadamente 5 km da Vila Abernéssia em via asfaltada. Moderna obra arquitetônica, com destaque para a ampla sala de espetáculos com 900 poltronas confortáveis e individuais, várias salas de apoio, aquecimento central, ótima acústica, moderna aparelhagem de som, camarins, cozinha, tela de projeção e amplo jardim. O Centro de Convenções foi construído com recursos do Governo Estadual com o objetivo de desenvolver a cultura. Neste local todos os anos, realiza-se o "Festival de Inverno". Fora da temporada de inverno, o auditório presta-se a apresentações, concertos, shows, congressos, convenções e outras manifestações culturais. É ladeado de belíssimo parque onde esta localizado o Museu Felicia Leiner. Dista 1.800 metros do Palácio Boa Vista.
Visitação: Quartas, sábados, domingos e feriados, das 9:00 às 18:00 horas.
Av. Dr. Arrobas Martins, 1880 - Alto da Boa Vista.
Fone: (12) 3662-2334.
Casa da Xilogravura
Acervo de xilogravuras de gravadores brasileiros e estrangeiros; exposição didática sobre artes gráficas; atelier para gravura em madeira; cursos de arte e, em especial, xilogravura.
Av. Eduardo Moreira da Cruz, 295 - Vila Jaguaribe
Mosteiro de São João das Irmãs Beneditinas
O Mosteiro de São João das Irmãs Beneditinas está situado em Abernéssia, bem no coração da cidade, no início da estrada que leva ao Palácio do Governo saindo do Mercado Municipal. É um espaço para aqueles que buscam a paz, a integração com a natureza e a boa música. Os prédios do Mosteiro estão situados no meio de um bosque com árvores frondosas, arbustos e flores. Embora seja pouco divulgado, todos o dias às 17h45 as Irmãs realizam na linda Capela de São João Batista um recital de Canto Gregoriano com entrada franqueada aos visitantes. Participar destes recitais é uma experiência fascinante e inspiradora. A Capela possui um ambiente acolhedor e propício para momentos de reflexão, oração e meditação. O local mais mágico da Capela é o altar, que fica na parte de trás, dedicado à Mãe Misericordiosa Consoladora dos Aflitos. No centro deste altar, encontra-se uma belíssima imagem de Nossa Senhora, pintada pela Irmã Gertrudes Marker. A Gruta dedicada à Imaculada Conceição é um local que desperta devoção e admiração. Sob a imagem lê-se: "À vossa proteção recorremos Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades. Mas, livrai-nos sempre de todo perigo, ó Virgem gloriosa e bendita. Amém." As Irmãs Beneditinas possuem no local uma lojinha onde São vendidos produtos feitos pelas próprias irmãs de maneira artesanal. São artigos artesanais, bordados, crochês, cartões com flores naturais, velas, pirogravuras e geléias. A arrecadação da loja é utilizada para a manutenção do Mosteiro. O horário de funcionamento da loja é de 9h15 às 11h45, das 13h30 às 14h30, e de 16h às 17h30.
Av. Dr. Adhemar de Barros, 330.
Fone: (12) 3662-1382
Igreja Matriz de Santa Terezinha
Antigo Convento dos Franciscanos. É onde se realizam as principais festas religiosas da cidade.Igreja da padroeira da cidade.
Rua Tadeu Rangel Pestana, 662 - Abernéssia
Fone: (12) 3662-1740
Igreja Nossa Senhora da Saúde
Localizada na Praça Nossa Senhora da Saúde, no alto da Vila Jaguaribe. Moderna e bonita, possui no fundo do altar-mor, gigantesca tela do consagrado pintor Camargo Freire, com figura de "Salus Infirmorum", pintura inspirada no nome do templo.
Igreja de São Benedito
Localizada na Praça São Benedito na Vila Capivari. Apresenta uma decoração sacra de rara beleza, destacando-se ainda a originalidade arquitetônica do templo. O local é utilizado em apresentações de corais internacionais.
Parque de Exposição "Romeu Montoro"
Amplo parque, construído para exposição de animais e prática de hipismo. Localizado no Bairro Recanto Feliz.
Parque Ecológico "Erna Suzana Schimdt"
Área de 480.000 metros quadrados, reservada para a preservação da fauna e flora local. Caminhos, cachoeiras, mirantes rústicos e viveiros de espécimes naturais. Dista 14 km do centro de Capivari, cujo acesso se dá pela estrada da Água Santa.
Parque Estadual da Usina do Fojo
Campos do Jordão ganhou um novo espaço de lazer com 70 mil metros quadrados de muito verde e várias cachoeiras: a maior delas tem 30 metros de altura.
Até recentemente a Área era utilizada como centro de lazer dos funcionários da Cesp Centrais Elétricas. Mas com a privatização da estadual, o governo do Estado transformou a Área em Parque Estadual do Fojo, cuja água abastece a cidade.
Uma outra atração do parque é a represa da usina do Fojo, ela ocupa uma Área de 7,83 hectares e por vários anos foi a principal fonte de energia para Campos do Jordão; com apoio de outras duas usinas, a da Companhia de Eletricidade de São Paulo e Rio S/A, integrou-se ao grupo Light. Em 1968 a Usina do Fojo foi desativada, mas representa uma espécie de monumento histórico que mostra como funcionava uma hidrelétrica há mais de 50 anos.
Parque dos Cedros
Área central de Vila Abernéssia, com 5.000 metros quadrados, possuindo fonte de água potável, pista para pratica de cooper e parque infantil com brinquedos rústicos.
Parque dos Lagos
Área entrecortada por lagos e jardins floridos, cercada de Araucárias. Podem ser feitas caminhadas em meio a alamedas de hortências e fontes. Há trilhas para passeios de bicicleta e a cavalo e lagos para a pesca de trutas e salmões. O Parque dispões de uma pousada e de um Centro de Exposições de artes plásticas com venda de artesanato. O programa é suficiente para ocupar um dia inteiro, com um restaurante onde não faltam os fondues e trutas tradicionais da região.
Estrada do Campista, Km 11 (no caminho para a Pedra do Baú).
Fones: (12) 3662-1106
Belvedere da SP 123
Local de onde se avista a olho nu, o Vale do Lageado e parte do município de Santo Antônio do Pinhal. Dela o por do sol, torna-se um espetáculo indescritível.
Rancho Santo Antônio
Também conhecido como "Fazenda do Leite", por ter leite tirado na hora que pode ser acompanhado de várias opções: com conhaque, chocolate, com café e mesmo puro. Aqui funciona um Museu de objetos típicos do meio rural e um ponto de vendas de doces e queijos caseiros. O visitante pode ainda alugar cavalos manga-larga e árabe e percorrer as trilhas exclusivas, com guias para monitorar a caminhada de crianças e iniciantes em cavalgadas. Aberto das 9 às 17 hrs.
Avenida Pedro Paulo, 7997
Fone: (12) 3663-1640 - 3663-4481
Rancho dos Pequenos
Localizado na estrada do Horto Florestal, tem várias atrações para as crianças. Passeio de pôneis por um bosque de Araucárias com monitores, parquinho com animais em espaço reservado(a criança recebe rações para alimentar os animais).Para os pais, há uma lanchonete no bosque.
Avenida Pedro Paulo, s/n
Fone: (12) 3662-5595
Fonte de Água e Cachoeira
Fonte da Amizade
Construída pelo Rotary Clube de Campos do Jordão para servir aos jordanenses e turistas que freqüentam a cidade. Daí a origem do nome. Fonte mineral de baixo teor radioativo.
Av. Frei Orestes Girardi - Vila Abernéssia
Fonte Simão
Localiza-se dentro de um parque cheio de pinhos bravos e araucárias. Suas águas puras São consideradas de valor terapêutico para doenças estomacais. Fonte radioativa - cloretada magnesíana.
Travessa da Av. Sen. Roberto C. Simonsen - Vila Capivari.
Fonte Renato
Um passeio ideal para uma boa caminhada entre os bosques que envolvem a fonte repletos de Araucárias Brasilienses, árvores símbolo de Campos do Jordão.
Localiza-se perto da Estação Damas. Fonte radioativa - bicarbonatada magnesiana.
Travessa da Av. Emílio Ribas - Vila Capivari
Galharda
Várias cachoeiras e poços de águas cristalinas, cujas nascentes estão dentro do Parque Estadual. Acesso a pé, por trilha de 2,5 km. O banho é permitido em suas águas geladas e reativantes. Cobra-se ingresso ao parque.
Parque Estadual - Horto Florestal
Gavião Gonzaga
Exuberante cachoeira localizada no topo da serra de Campos do Jordão. Pode ser avistada pelo turista na sua chegada à Estância, da Rodovia Floriano Pinheiro. Situa-se dentro de uma fazenda particular, podendo ser visitada com autorização antecipada.
Bairro do Gavião Gonzaga (Alto do Lageado) - Estrada Municipal
Juventude
Ducha d'água com temperatura média anual de 12 graus centígrados. Localiza-se dentro do Parque Estadual de Campos do Jordão. Seu banho frio é revigorante e saudável. Diz a tradição que esta fonte é rejuvenescedora. Cobra-se taxa para a visitação ao parque.
Parque Estadual - Horto Florestal
Bica D'Água
Dentro do Parque Estadual existem diversas bicas de águas minerais de excelente qualidade e sabor. Estão localizadas nas Áreas de recreação e ao longo das trilhas e caminhos.
Local: Parque Estadual - Horto Florestal.
Trilhas e Turismo Ecológio
Cachoeira da Galharada
Plana, com 4,5 km, pode ser percorrida até por iniciantes sem perparo físico.
informações e mais dicas no Horto Florestal, fone: (12) 3663-3762
Cachoeira da Celestina
Pesada, exige ótimo preparo físico e acompanhamento de guias especializados. São 5 horas para subir 8,5 km a uma altura de 1.910 m, de onde se tem uma vista belíssima.Na região de mata é comum se encontrar animais e seus rastros, como da onça sussuarana.
informações e mais dicas:
Horto Florestal-Fone: (12) 3663-3762
Campos do Timoni
Íngreme, exige ótimo condicionamento físico e experiência em trekking. Após caminhada de 2 horas, termina a uma altitude de 1.700 mts, com uma linda vista da região, coberta por Araucárias.
informações e mais dicas:
Horto Florestal-Fone: (12) 3663-3762
Ceva - Observação de Animais
Veja animais como macacos, quatis, catetos e muitas aves em seu meio natural observando de uma torre elevada na mata. No Parque Estadual de Campos do Jordão(Horto Florestal).
informações e mais dicas:
Horto Florestal-Fone: (12) 3663-3762
Muro da Escalada
Divirta-se praticando técnicas de escalada em rocha num muro especialmente preparado. No Parque Estadual de Campos do Jordão (Horto Florestal).
informações e mais dicas:
Horto Florestal-Fone: (12) 3663-3762
Rio Sapucaí
Trajeto relaxante, entre campos e matas, acompanhando a correnteza do rio.
informações e mais dicas no Horto Florestal, fone: (12) 3663-3762
Trilha das Cinco Pontes
Muito tranquila, é ótima para crianças acompanhadas por adultos. É preciso estar atento às crianças na travessia das pontes pênseis sobre o Rio Sapucaí. No caminho há bonecos com personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo.
informações e mais dicas no Horto Florestal, fone: (12) 3663-3762
Orquidário - Trilha de Orquídeas e Bromélias

O Fit Park é um pedaço de paraíso preservado em Campos do Jordão. Localizado no caminho do Hotel Toriba, ali podem ser encontradas orquídeas e bromélias nativas, além de espécies raras de plantas, como a "gúnera brasilienses", cuja a folha alcança a largura de dois metros. Há orquídeas de todo o mundo, desde "Sapatinhos de Vênus", do Himalaia, da Índia a famosa "Olho de Boneca", "Borboltas da Ásia", até a nacional "Chuva de Ouro" originária do Brasil. Mas visitar o lugar é mais que uma aula de respeito à natureza. Suas paisagens relaxam a mente, purificam a alma e fazem bem ao corpo. O lugar, que possui 50 alqueires de Área, é um belo cartão postal. Possui 32 nascentes de água cristalina dando origem a Bacia do Prata. Ali, o contato com o meio ambiente é direto, e pode-se andar a pé por trilhas demarcadas que levam a pontos de viSão deslumbrantes. A trilha principal é a das orquídeas, que leva a 1850 metros de altitude (Vista do Céu). De lá, dá para apreciar todo o Vale do Paraíba, a Pedra do Baú e até Minas Gerais. O caminho não é longo e nem muito difícil e é pontuado por orquídeas e bromélias de vários tipos, identificadas cientificamente, que dão um encanto especial ao lugar. Não bastasse todos esses atrativos, o Fit Park possui ainda um orquidário, e conta também com um mini laboratório para cursos práticos gratuitos, destinados a crianças e adultos, biblioteca, sala de aula e um stand especial do orquidário Morumby, com uma exposição de orquídeas e bromélias em flor, onde é possível adquirir mudas. O horário de funcionamento do orquidário é das 09h00 às 17h00. Aos sábados às 10h00, São oferecidos cursos para orientação sobre o cultivo das orquídeas do Brasil. No local, há uma pousada para crianças e jovens (com programação Day Camp ou grupo de estudos nos fins de semana) e pessoal especializado que orienta sobre o cultivo das plantas, demonstrando que, ao contrário do que se imaginasse, é fácil cuidar de orquídeas. O orquidário fica na Avenida Ernesto Diederichsen (antiga estrada velha de Pindamonhangaba).

Parceria Contra Drogas   Projeto Rio Vivo   Combate a Pedofilia na Internet
Início
 
Sua página inicial
 
Nos seus favoritos
 
Topo
Bookmark and Share
ABRAWEB IBAMA Fundação Abrinq
Nós Podemos
Aviso Legal