O Que Te Interessa Saber Como Investidor Na Bolsa?

Resultado de imagem para Investidor

O Que Te Interessa Saber Como Investidor Na Bolsa?

 

O próximo dia 5 de abril de 2017, será aberto o prazo para a apresentação telemática da declaração de Rendimentos 2016, mas você terá que esperar até o dia 11 de maio, se o quiser, apresentar de forma presencial. O prazo termina no dia 30 de junho, a menos que o resultado seja a ingressar com autorização de débito em conta, caso em que só você terá até o dia 26 de junho.
Que aspectos você deve ter em conta se você investir na bolsa? Vamos explicártelo da forma mais esquemática possível, para que não perca os procedimentos e cumprir devidamente com Finanças.

Fazenda simplifica a Renda 2016
Começamos com um aspecto positivo que afeta os que sejais autônomos. Uma das novidades da campanha da Renda 2016 que vos interessa saber é que desaparece definitivamente o programa PAI (já só usavam os autônomos). Portanto, o programa “Renda da web”, e também para a Renda 2015 e bastante mais simples, será a única ferramenta interativa para todos os contribuintes, independentemente de se eles têm que declarar rendimentos do trabalho, capital de atividades economicas.

Como alimentam de suas ações da bolsa de valores de IRPF?
A primeira coisa que tens de ter claro como investidor é que o que garante que a Fazenda não são as ações que você tem em sua carteira de ações, mas os ganhos e perdas que tiver obtido com a compra e venda das mesmas.
Ou seja, suas ações não alimentam até que você vende.
Por outro lado, você deve saber que, para calcular os ganhos em bolsa, utiliza-se o método FIFO (First in First Out). Isto significa que, se você comprou ações em períodos diferentes, Finanças tem em conta as primeiras que você comprou e as primeiras que você vendeu.

Imagem relacionada

O lugar em que a declaração de Rendimentos, você terá que incluir seus ganhos na bolsa?
Os benefícios da compra e venda de ações se integram a Base de Cálculo da Poupança (BIA), dentro da parte que corresponde aos ganhos patrimoniais.
Assim, por exemplo, se, em 2016, teve alguns ganhos na bolsa de operações fechadas de 10.000 euros, terá de atribuir um 19% sobre os primeiros 6.000 e 21% dos 4.000 do seguinte trecho, ou seja, 1.140+ 840= 1.980€ deverá ingressar.

Você pode compensar mais-valias e menos-valias em bolsa?
Sim. Você pode compensar o que paga a Fazenda teus ganhos mais-valias em bolsa, incluindo, em sua declaração de Renda, as perdas de deficiências que já teve na compra e venda de suas ações.
Não se esqueça de declarar suas ações no estrangeiro : Modelo 720
Outro ponto importante que não deve passar por alto, é a obrigação de declarar os bens e direitos que possua fora de Portugal, o qual inclui as contas de valores mobiliários.

Este tipo de bens no estrangeiro, não os tens de apresentar a declaração do IRPF, mas através do Modelo 720, do que já te falamos seria no artigo “Modelo 720: Declaração de bens e direitos no exterior”.
Para apresentar este modelo de declaração tem prazo até o próximo dia 31 de março. É muito importante que o faça a tempo e de forma correta, pois, do contrário, Finanças pode impor sanções que até a própria Comissão Europeia considera inapropriadas. Tanto é assim que, recentemente, o organismo comunitário exigiu-lhe a Espanha mudanças imediatas, sob a ameaça de levar o caso ao Tribunal de Justiça comunitário.
Mas até que essas mudanças cheguem, o melhor é cumprir com a lei aplicável.

Imagem relacionada

Reforma fiscal de 2017: el alforje de dividendos e paga como dividendo normal
Para terminar, informamos de uma alteração que foi incluído na Reforma Fiscal de 2017 e que pode te afetar em face da declaração de Rendimentos, que presentes o ano que vem.

A mudança a que nos referimos está associado ao pagamento de dividendos e, mais em concreto, o scrip dividend. Trata-Se da modalidade de remuneração de dividendos associada a uma ampliação de capital, que uma empresa oferece aos accionistas a possibilidade de escolher entre receber em dinheiro -vendendo seus direitos de subscrição a empresa ao preço fixado antes por esta vendê-los no mercado – cobrar em ações.

Antes da Reforma Fiscal de 2017, os acionistas que elegiam cobrar em ações não tributaban por elas até o momento da venda.

Com a reforma, os scrip dividend passam a ser tributados como um dividendo normal. Ou seja, a venda de direitos no mercado tem a mesma tributação que o pagamento em dinheiro, porque já não é diferido o pagamento do imposto no momento da venda das ações, mas que Fazenda considera agora o scrip dividend como ganho patrimonial sujeito à retenção, desde o mesmo instante em que são transmitidos os direitos de subscrição.
Portanto, se esse ano você olha e vê em posição de escolher entre receber dividendos em dinheiro, em ações, você deve ter em conta esta mudança.

Se você ainda não tiver mergulhado no universo de ações e se interessa obter rentabilidade em suas economias, a primeira coisa que você deve saber é como investir na bolsa e quanto investir na bolsa, você Pode consultar os nossos cursos de saco e escolher o que melhor se adapta a si, como o de estrategia para opções binarias, é totalmente gratuito e você poderá ficar por dentro de tudo que acontece no mundo das ações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *